domingo, 4 de novembro de 2012

O velho e a flor - Vinícius de Moraes

Por céus e mares eu andei,
 Vi um poeta e vi um rei
 Na esperança de saber
 O que é o amor.

 Ninguém sabia me dizer,
 Eu já queria até morrer
 Quando um velhinho
 Com uma flor assim falou:


 O amor é o carinho,
 É o espinho que não se vê em cada flor.
 É a vida quando
 Chega sangrando aberta
 em pétalas de amor.

Vinícius de Moraes

Nenhum comentário:

Remédio para bronquite (cultura indígena)

1 lasquinha de casca de angico 3 pontas de ramos de marcela grega 1 garrafa de cachaça Todos os ingredientes devem ser misturados numa g...