sexta-feira, 29 de abril de 2011

Os pilares da auto estima


Esta semana recebi gratuitamente o livro "Os pilares da auto estima". Se você também tem interesse basta acessar o site: www.horaluterana.org.br e efetuar seu cadastro. Todo mês o site destaca um livro diferente. Abaixo está o resumo dos fatores que considero mais importantes na leitura.

A forma como você se considera está diretamente relacionada com a felicidade e o bem estar. O auto conceito negativo nos limita de uma maneira poderosa. E o contrário ocorre com o auto conceito positivo. Atentos ao fato, diversos educadores e profissionais da motivação coletiva enfatizam e dão dicas para uma auto valorização. Pessoas com autoconceito mal formado vivem a vida partindo de um ou mais fatores e motivações que citaremos a seguir:

*Tem uma perspectiva pessimista da vida;

*Não confiam em suas habilidades sociais;

*São extremamente sensíveis às opiniões de outras pessoas;

*Tem timidez com relação à sua aparência, seu modo de agir ou condição financeira;

*Enxergam as outras pessoas como concorrentes a serem superados, ao invés de ver e desfrutar da amizade delas;

*Precisam afirmar sua masculinidade ou feminilidade através das conquistas sexuais;

*Esforçam-se para chegarem a ser algo ou alguém, em vez de relaxarem e desfrutarem a pessoas que realmente são;

*Encaram o presente como se fosse algo para deixar de lado, e concentram-se nos feitos passados ou nos sonhos para o futuro;

*Tem medo de Deus, ou acreditam que Deus não se importa ou tem vergonha deles;

*Tem o hábito de repetir mentalmente várias conversas ou situações passadas, perguntando-se o que a outra pessoas queria dizer;

*Veem as outras pessoas de uma forma crítica e condenatória;

*Agem de forma defensiva em seus relacionamentos e conversas;

*Possuem uma atitude ressentida;

*Usam a "explosão de raiva" para não se sentirem feridos;

*Tem tendências a formar relações de dependência;

*São incapazes de aceitar um elogio;

*Possuem hábitos e comportamentos contraproducentes;

*Deixam-se pisotear facilmente;

*Tem medo de estar sozinhos;

*Temem a intimidade, com medo de um dia serem abandonados;

*Tem dificuldade para acreditar ou aceitar o amor de Deus ou de outra pessoa;

*Dependem de possuir muitos bens materiais para sentirem-se seguros;

*Não são capazes de expressar suas emoções;

*Descrevem a si mesmos de uma forma negativa ou pessimista;

*Acreditam e esperam que sempre acontecerá o pior;

*Preferem seguir as pessoas, evitando demonstrar um comportamento independente;

*São perfeccionistas no que diz respeito aos detalhes;

*Veem o mundo como um lugar hostil e angustiante;

*Necessitam de muita estrutura e controle externo em suas vidas;

*Possuem uma consciência extremamente sensível.

Há três necessidades emocionais básicas que são comuns a todas as pessoas:

*Sentir-se amado; experimentar a sensação de pertencer e ser amado pelas pessoas de um grupo.

*Sentir-se aceito; ter um sentimento de valor pessoal; saber que as pessoas o aceitam;

*Sentir-se apto; experimentar a certeza de ser uma pessoa competente.

Como melhorar sua autoestima

Há aspectos positivos que reforçam as possibilidades da pessoa para melhorar sua autoestima. Entre eles, temos:

*Saber com clareza com que forças, recursos, interesses e objetivos se pode contar. A pessoa que conhece e suspeita os seus dons pessoais buscará e aceitará de bom grado as oportunidades que se apresentem para utilizá-los.

*Relações pessoais efetivas e satisfatórias. A pessoa que aprende a relaciona-se efetivamente com os demais terá grande capacidade para satisfazer suas necessidades sociais e pessoais durante o resto de sua vida.

*Clareza de objetivos. Quando a pessoa desenvolve confiança em si, é capaz de analisar e escolher objetivos para a sua vida.

*Produtividade pessoal. Se você consegue sentir-se competente e valioso, vai ter o desejo de trabalhar e aprender a usar o tempo de forma eficiente.

Sugestões práticas

Para desenvolver um melhor autoconceito e melhorar a autoestima, recomendamos a você que adquira os seguintes hábitos:

* Não coloque rótulos negativos em você mesmo, do tipo "sou desanimado", "sou isso", ou "sou aquilo". Temos a tendência de nos tornarmos aquilo que "achamos que somos".

*Comporte-se de forma a demonstrar confiança em si ( sem ser agressivo), mesmo em situações ameaçadoras.

*Quando fizer alguma coisa errada, admita o erro e confesse-o a Deus, evitando condenar-se a si mesmo. "Agora já não existe nenhuma condenação para as pessoas que estão unidas com Cristo jesus" (Romanos 8.1). Lembre-se de que crescer é um processo em qualquer área da vida, e o crescimento leva tempo. Seja tão bondoso consigo quanto seria com qualquer outra pessoa que você ama.

*Evite comparar-se a outros.Você é uma pessoa única. E Deus gosta dessa sua singularidade.

*Concentre-se na graça, no amor e na aceitação de Deus, e não nas críticas de outras pessoas.

*Faça amizade com pessoas que sejam positivas, que saibam usufruir corretamente das coisas boas que a vida oferece.

*Comece a ajudar outras pessoas a enxergarem-se do mesmo jeito que Deus as vê, aceitando, amando e animando-as. Dê a elas a dignidade que merecem como criaturas únicas de Deus.

*Aprenda a rir.Busque o lado alegre da vida e experimente-o.

*Tenha expectativas realistas sobre as pessoas, levando em conta os talentos, os dons, as aptidões e o potencial específico de cada um.

*Relaxe e mantenha a calma.

*Fazer o que é bom e agradável aos olhos de Deus vai deixar você satisfeito. Quando a nossa vida reflete o nosso caráter, somos mais felizes, e isso afeta nossa atitude diante das pessoas.

*Seja positivo. A Bíblia nos aconselha: "Por último, meus irmãos, encham a mente de vocês com tudo o que é bom e merece elogios, isto é, tudo o que é verdadeiro, digno, correto, puro, agradável e decente" (Romanos 4.8). Veja quanto tempo você consegue ficar sem dizer alguma coisa negativa a respeito de outra pessoa ou de si mesmo.

*Oriente outras pessoas de forma sábia, sem querer dominar ou subjulgá-las.

*Ame de forma condizente com o amor de Deus.

Mas, até onde amar a si, e até onde abrir mão de preferências pessoais em favor do semelhante?

Como lidar com o perigo do egoismo e orgulho?

Isso é um aprendizado constante que exige arrependimento e fé. Deus mesmo vai nos moldando e ensinando. Dependemos dele para um equilíbrio entre uma autoestima positiva e uma postura solidária e am´vel nos relacionamentos.










Remédio para bronquite (cultura indígena)

1 lasquinha de casca de angico 3 pontas de ramos de marcela grega 1 garrafa de cachaça Todos os ingredientes devem ser misturados numa g...